LOGO_GREAT

Planejamento de conteúdo: o segredo para uma estratégia de marketing digital de sucesso

O sucesso de qualquer iniciativa pode ser resumido em uma palavra: “planejamento”. E se tratando de estratégias de marketing digital, o planejamento de conteúdo tem um papel bem importante.

Afinal, para saber o que será divulgado nas redes sociais e qual e-book será enviado no próximo e-mail marketing, é interessante ter um planejamento de conteúdo completo, seja para determinado mês, trimestre, semestre ou até para o ano.

Dessa maneira, você pode dar o primeiro passo para alcançar os resultados que tanto espera. Para ajudar nisso, reunimos algumas dicas que contribuem para um planejamento de conteúdo certeiro. É só continuar a leitura para conferir!

Planejamento de conteúdo: como criar e manter

Seguir cada um desses passos do planejamento de conteúdo é essencial para conseguir construir a sua estratégia de marketing digital:

Ter persona e jornada de compra bem definidas

O primeiro aspecto essencial na criação de um planejamento de conteúdo é saber exatamente quem você quer alcançar.

Na prática, isso passa por entender quem é a sua persona e qual é a jornada de compra dela, ou seja, quais são os passos necessários para que ela feche negócio com você.

Para ter essa definição, você pode usar uma série de perguntas:

  • para quem você está tentando entregar seu conteúdo?
  • quais canais essas pessoas usam?
  • que tipo de conteúdo é o favorito desse público?
  • eles esperam uma linguagem formal ou informal?

Você pode analisar seus clientes atuais, realizar entrevistas para entender como decidiram adquirir seu produto ou serviço e desenhar perfis com base nos seus melhores leads.

Definir os objetivos e as métricas da estratégia

Por mais eficaz que o marketing de conteúdo possa ser, você provavelmente não terá um retorno sobre o investimento positivo se não tiver um objetivo claro. Sem isso, suas atividades perdem o foco e fica difícil julgar se houve sucesso ou fracasso.

Na maioria dos casos, as empresas usam o planejamento de conteúdo para atingir os seguintes objetivos:

  • aumento no número de visitantes do site;
  • educação de mercado;
  • reconhecimento da marca;
  • desenho da nutrição de leads;
  • aquisição de novos clientes.

Independentemente do objetivo, você precisa defini-lo antes de partir para o planejamento.

O método SMART pode ajudar bastante na definição dessas metas, já que busca definir objetivos claros, garantindo que sejam desafiadores e alcançáveis.

Cada meta precisa seguir as características que formam o acrônimo SMART:

  • Specific (específico)
  • Measurable (mensurável)
  • Attainable (atingível)
  • Relevant (relevante)
  • Time based (temporal)

Seus objetivos determinarão o tipo de conteúdo que você cria, como deve promovê-lo e quais serão as métricas de acompanhamento.

Escolher os canais de distribuição de conteúdo

Criar conteúdo é fundamental para o sucesso do marketing digital. Outra parte vital está relacionada à distribuição desse material.

Portanto, você deve ter um planejamento para a produção do conteúdo, e, um outro planejamento, para a sua divulgação.

Existem muitas plataformas que apoiam o processo de divulgação, e você deve escolher as mais adequadas para alcançar seu público. Algumas são:

  • mecanismos de busca: crie e otimize conteúdo para SEO, pensando nas palavras-chave que seus clientes ideais pesquisam;
  • redes sociais: compartilhe seu conteúdo onde o seu público está. Dessa forma, é mais fácil alcançá-lo;
  • e-mails: envie mensagens aos seus leads para informá-los sobre novos conteúdos disponíveis no seu site;
  • parceiros de publicação: são sites relevantes, com um volume de visitantes maior, que podem aumentar a exposição do seu conteúdo;
  • anúncios: você pode investir dinheiro para promover conteúdos que são importantes para sua audiência.

Pensar na frequência de publicação

No seu planejamento de conteúdo, você precisa incluir a frequência de publicação e divulgação em cada plataforma.

É fundamental observar que cada canal de divulgação possui práticas recomendadas de promoção de conteúdos. Então, não adianta fazer isso em excesso, mas sim na medida certa para que o público possa acompanhar.

Por outro lado, é importante evitar falhas na produção que possam deixar suas plataformas sem atualizações e comprometer a estratégia. Defina um volume de conteúdo que a sua equipe seja capaz de entregar em tempo hábil.

Planejamento de conteúdo

Levantar palavras-chave

Basicamente, palavras-chave são termos que as pessoas usam para fazer pesquisas em mecanismos de buscas. Muitas vezes, é assim que elas encontram informações, soluções e empresas no cotidiano.

Uma boa estratégia de marketing digital implica em conhecer as palavras-chave que a sua persona usa, aplicar esses termos em diversos tipos de conteúdos e aparecer nos resultados das pesquisas que ela faz.

Mas é claro que as palavras-chave precisam ter alguma relação com o seu negócio. Por isso, você pode começar pensando em termos que tenham a ver com o segmento de atuação da sua empresa, os produtos e serviços que ela oferece e as principais dúvidas dos seus clientes.

Mapear temas e datas importantes para o segmento de atuação

Devemos ter um olhar diferenciado para as datas comemorativas que são importantes para o público. São nesses momentos específicos que você pode criar um conteúdo diferenciado, inovando na produção ou nas publicações.

Esse calendário de datas importantes precisa entrar no planejamento de conteúdo justamente para você não ser pego de surpresa e não deixar passar despercebida essa oportunidade de criar um relacionamento com o público.

Explorar diferentes formatos de conteúdo

Inicialmente, conteúdo era sinônimo de texto. Porém, ao longo dos anos, vários outros formatos cresceram em popularidade.

Um conteúdo no qual toda empresa deve investir é o audiovisual, que é especialmente popular entre o público.

Ou seja, além do conteúdo escrito, outros formatos que você pode planejar e produzir são:

  • infográficos;
  • vídeos;
  • podcasts;
  • webinars;
  • planilhas;
  • checklists;
  • templates.

O tipo de conteúdo que você deve produzir dependerá muito da sua persona. Experimente alguns formatos diferentes e avalie a recepção para descobrir quais são os melhores.

Criar um calendário editorial

Pois é, só depois de passar por todas as outras etapas é que você poderá criar o seu calendário editorial!

Com um calendário de conteúdo, você pode planejar publicações na frequência ideal.

Além disso, seu calendário fornece uma visão geral de suas atividades de marketing. Os membros da equipe podem acompanhar facilmente o progresso de partes do conteúdo, tornando todo o processo mais produtivo para todos.

Alguns detalhes a serem incluídos no seu calendário são:

  • membros da equipe responsáveis ​​pelo conteúdo em cada etapa;
  • formato de conteúdo;
  • etapa do funil de vendas;
  • prazos de entrega;
  • data de publicação;
  • canais de divulgação.

Contar com especialistas

Criar um plano de marketing de conteúdo melhora drasticamente suas chances de atingir seus objetivos. Só que muitas empresas não contam com profissionais para todas essas etapas. Ter um time qualificado para desenvolver um bom trabalho é ainda mais difícil.

Você precisa conhecer seu desempenho atual, entender seu público, criar o calendário de conteúdo, fazer a divulgação e acompanhar o desenvolvimento da estratégia. Ao seguir todas essas etapas, poderá atrair mais leads e clientes por meio do marketing digital. Por isso, contar com especialistas é um bom caminho.

Uma agência de marketing digital contribui muito para criar e seguir um planejamento de conteúdo completo. Se  você quer conhecer mais detalhes sobre o trabalho de uma empresa desse tipo, entre em contato com a gente!

Adicionar Comentário